Ser explosiva, é mais fácil do que ser calma.

Sabe que sou explosiva, e sempre fui. Mas eu tenho tentado ser calma. Eu tenho até pensado nas pessoas que conheço. E que ficaram perto da minha vida.

Meu pai disse que é porque somos do tipo Espanha e Itália. Minha avó Jandira tocou em vários instrumentos e teve sua explosão. É verdade , mas sempre fui da fuga. Ou mais forte já que saí-o do que discordo. Fui muito influenciada por muitos professores , e amigos de todas as regiões do mundo.

Mas , minha mãe, meu irmão, minha avó Lúcia, meu marido André, meu primeiro marido Haiko, e vários amigos já estão do lado dos mais calmos. E eles também são de varias razoes do mundo.

Explosivos que falam muito , que já os calmos já sabem ouvir melhor do que nós. E os quietos sempre preferem suas coisas internas

Agora quando eu treino pra ficar calma, eu às vezes vejo a explosão dos calmos e fico até feliz. Mas é difícil quando eles nos atacam por dentro. E acabo atacando de volta. Então tinha pensado muito sobre a cognição.

.

Sempre conversei muito con meu amigo Andrey, e ele é da Rússia e estávamos fazendo doutorado na LSE. Lembro que falávamos muito sobre a cognição.

Sei que meus am professores Maurice Bloch e Rita Astuti me influenciaram a questionar. Como sei que Professor Mustapha fez a aula de Descolonizar a mente.

Esses dias eu estava tranquila, pois estava treinando para meditar e manter a mente calma. Mas um dia fui passar um dia de conversas e foi forte. A minha mente estava calma, mas uma pessoa calma, ele ficava bravo. Foi quando fui gravar as histórias engraçadas, quando a pessoa ao lado dele ficou desesperado.

Ele me pediu deletar, eu neguei. E nem era sobre ele no final . E eu queria não esquecer. Bom ele arrancou e da minha mão.

Eu fiquei revoltada dentro de mim. Fui embora e quando fui dormir e até levantei sai para escrever. Afinal mesmo lugar eu fiz criticas calmas e nem consegui dormir.

Comecei a descobrir as leis, depois fui focar em todas as conversas . E ele tinha me dito de seu psicólogo.

Bom, as 3 da manhã queria fazer uma crítica. Então queria dizer que a psicóloga, e era antigas há muitos anos. Lembrei das críticas que eu tinha no meu doutorado e a cognição. Foi maravilhoso e fui achar artigos sobre psicologia cognitiva e ciência cognitiva. Mas o passado fica no nosso corpo.

No dia seguinte fiquei con dor no peito , afta e quando fui ver que além de que vem da imunidade e emocional. E faz dias porque o meu corpo tornou em dor.

.

Mas hoje, quando meditei, houve um silêncio. Nele, senti algo que me veio à mente. Foi claro. Eu aprendi que no silencioso e a que a dor , é tudo dentro. E digo nós explosivos, é mais fácil do que calmo. Ainda mais duro é que nós explosivos não enxergam como os calmos não esquecem. Mas nesse silêncio interno é que eu quero estar . É o lugar da Paz .

Com amor,
Ju

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s